Memórias: Ballet

Exame do 6º grau:

"Fizemos a vénia e fomos à barra. Tentei ter uma respiração, digamos, normal. A professora que estava a observar-nos às vezes dizia “ Respirem!”, pois mal acabávamos um exercício, já estávamos a preparar para outro e na realidade não respirávamos!

Houve um exercício que eles ( a examinadora e o pianista) se riram,  ao princípio não sabia porquê, aquilo é mesmo a sério, não se pode perturbar nada. E descobri a razão quando o meu exame acabou. Há um exercício em que a dança é individual, e eu era a última a dançar mas desta vez fui a segunda, pois a outra faltou ao exame. A música era diferente na minha parte, o que complicou mais, porque não conhecia os tempos. Comecei a dançar aquilo, até lá tudo bem, mas no fim acabei num sitio que não era suposto ficar  (foi na outra ponta da sala) e eu desesperadamente olhei para a minha amiga e perguntei para os meus botões " Mas...o que ela está ali a fazer? Será que eu errei?!" E errei mesmo, era suposto estar no outro lado da sala. Mas riram-se porque foi muito criativo, pelo que me disseram. No fim nós estávamos completamente exaustas e cansadas. O pianista, a examinadora e a minha professora juntaram-se e disseram mesmo que fui realmente criativa naquele exercício."

 

Ensaio com o pianista

"Foi no dia 17 de Abril, o dia da minha festa de anos.

Mas, por pouca sorte tinha nesse dia, o ensaio com o pianista (ballet) o que correu pessimamente mal, no fim do ensaio (estava um bocado triste) a minha professora disse em voz alta " Hoje a Inês faz anos!!" e o pianista começou a tocar a música dos parabéns, as minhas colegas e o público estiveram a cantar os parabéns, no fim da canção fiz uma vénia eheh...Depois cheguei a casa, já estavam lá todos os meus amigos à minha espera. Sinceramente até gostei da festa. Estavam lá cerca de 19 pessoas e todas queriam falar comigo ao mesmo tempo, o que foi  muito complicado.

Diverti-me imenso e adorei os presentes.

Obrigada a todos!


Recebi um diploma, e passei!!"

 

Quando a minha vida de bailarina era uma loucura cheio de sensações...que saudades!

E toda a minha vida vou querer dançar no meu quarto quando estiver a chover, é fantástico!

 

publicado por Inêsquecível às 23:00 | comentar