Chegou a Hora de Mudar

O dia em que começa o ballet, é já amanhã, por um lado estou muito triste e com saudades, por outro, não quero lá voltar mais. Já fico triste quando danço, sei que faço tudo mal, não nasci para aquilo. Não me sinto bem dançar ao pé das outras, e não tenho corpo para isso. Antes quando tinha 14 anos dizia isto "Estou no ballet, dançar é a minha paixão, levo a dança muito a sério."

Agora eu digo "Sinto-me mal quando estou a dançar, sinto-me gorda, não concentro-me e penso demasiado nos outros, só me sinto bem em casa".

E agora devo ir ou não? Saio de lá a chorar, porque não atinjo a perfeição, percebi que não tenho jeito para tal, e pensava que era a única coisa que sabia fazer. Ballet foi sempre a minha vida, este é o último ano da Royal Academy Of Dance, vou para o grau avançado. Não fiz o penúltimo exame porque a professora disse-me que não valia a pena. Muito triste fiquei eu, só dancei uma vez a solo sozinha, e foi este ano, e mesmo assim foi complicado. Uns dizem que a professora é muito má e que devo sair de lá porque fico sempre triste por causa do ballet, outros dizem que devo continuar no ballet, e ignorar a professora, esforçar o máximo e continuar a dançar.

 

Custa tanto, mas tanto quando não somos boas naquilo que mais gostávamos na vida.

 

Esta música dá-me forças, e preenche-me o coração

publicado por Inêsquecível às 23:02 | comentar